Mês da Conscientização sobre o Estresse

04/24/2019
O estresse da vida desempenha um papel significativo no desenvolvimento de problemas psicológicos e físicos.

Por Jessi Somogie, Research and Programs Volunteer, CHA Center for Mindfulness and Compassion

Imagine o seguinte:

  • Você ficou abalado(a) com a notícia do divórcio de seus pais e se sente exausto(a).
  • Você chega atrasado(a) para a aula, seu professor o(a) chama na frente de todos e seu rosto fica vermelho.
  • Seu namorado(a) pediu um tempo e o nó na sua garganta não desaparece.
  • Você foi demitido(a) do seu emprego e sente dificuldade de respirar.
  • Seu melhor amigo(a) foi diagnosticado(a) com câncer e você sente seu corpo pesado.

Alguma dessas situações soa familiar a você? À medida que seu corpo começa a fervilhar, seu cérebro fica cognitivamente sobrecarregado e a sua mente trava, o estresse ocorre.

O estresse da vida desempenha um papel significativo no desenvolvimento de problemas psicológicos e físicos (Monroe, 2008). O estresse está intrinsecamente relacionado à capacidade do indivíduo de se adaptar às condições ambientais desafiadoras ao longo do tempo (Monroe, 2008). Todos os organismos experimentam o estresse, mas as diversas respostas que ocorrem através do funcionamento psicobiológico de um indivíduo produzem uma reação que envolve o “organismo inteiro” (Weiner, 1992). Essencialmente, quando ocorre uma situação estressante, o processo que se experimenta tem a ver com o desafio, a percepção do desafio, os recursos de enfrentamento, a percepção desses recursos de enfrentamento e como esses atuam no decorrer do tempo (Monroe, 2008). Em uma sociedade na qual estamos constantemente em movimento, nossa resposta ao estresse realmente determina o tamanho do impacto que um evento estressante tem sobre a cognição, o afeto e o comportamento.

Então, como você lida com seu estresse? Por que isso importa? E quais são os recursos com os quais você poderia obter benefícios?

As práticas de atenção plena (mindfulness) são intervenções baseadas em evidências que comprovaram reduzir e gerenciar o estresse. As práticas de atenção plena ajudam as pessoas a responder, ao invés de reagir ao estresse. Integrar pequenas mudanças para gerenciar o estresse na rotina diária pode ajudar.

Seguem abaixo três dicas e práticas extraídas dos Cursos de 8 semanas (Mindfulness-Based Stress Reduction e Mindful Self-Compassion) disponíveis no Center for Mindfulness and Compassion para ajudar você a gerenciar e lidar com o seu estresse:

  • S.T.O.P. (“Stop, Take a Breath, Observe, Proceed”, em português: Pare, Respire, Observe, Prossiga) - Está estressado? A dra. Elisha Goldstein observa: "Dois terços dos americanos declaram que precisam de ajuda com o estresse. Mas o estresse em si não é o problema. É como lidamos com o estresse". Utilize a prática do S-T-O-P (Pare, Respire, Observe, Prossiga) durante o dia, quando estiver se sentindo reativo ou realmente quando precisar de uma pausa. Essa prática leva de 1 a 3 minutos apenas, e possibilita que o corpo e a mente se reorganizem.
  • Pausa para autocompaixão -  - Você está passando por um momento de estresse? Seguem alguns passos rápidos para trazer a compaixão a si mesmo no momento, criados pela Dra. Kristin Neff, que disse: "Traga a situação à sua mente e observe se você realmente consegue sentir o estresse e o desconforto emocional em seu corpo".
    • Esse é um momento de sofrimento. Isso é estresse. Isso dói. Reconheça a dor.
    • Sofrer faz parte da vida. Você não está sozinho e isso é humano. Coloque as mãos sobre o coração com um toque suave. Posso ser gentil comigo mesmo? Pergunte a si mesmo: o que eu preciso nesse momento? Ouça esse áudio para uma prática orientada.

  • Caminhada de Atenção Plena - Estamos constantemente usando nossos pés para ir do ponto A ao B, mas você já deu um passo para trás e percebeu como você está carregando a si mesmo, o que o rodeia, ou já reservou um espaço para respirações profundas? Essa é uma prática fácil que pode realmente mudar como você está se sentindo, pensando e agindo. Então, diminua a velocidade e lembre-se: "Aqui estou, pleno nesse momento" (Kabat-Zinn, MBSR).

Para conhecer mais recursos úteis, confira os disponíveis no Center for Mindfulness and Compassion por meio das opções de curso de 8 semanas, séries de palestras, retiros e simpósios. Além disso, ouça esses áudios curtos de atenção plena orientada do CMC.

Se você está buscando opções para gerenciamento de estresse, obtenha mais informações sobre o Center for Mindfulness and Compassion na Cambridge Health Alliance pelo telefone 617-591-6132 ou visite www.chacmc.org.

"Assim como um jardim bem cuidado produz sementes e frutos, também a prática de atenção plena ajuda a promover todas as atitudes de atenção plena" - Bob Stahl, PhD

Cambridge Health Alliance

Contributed By: Cambridge Health Alliance

Cambridge Health Alliance is an academic community health care system committed to serving all members of our communities. We have expertise in primary care, mental health and substance abuse, and caring for diverse and complex populations. CHA patients receive high quality care in convenient neighborhood locations, and have seamless access to advanced care through CHA’s affiliation with Beth Israel Deaconess Medical Center. With over 140,000 patients in Cambridge, Somerville Everett and Boston’s Metro North, CHA is working hard to offer the integrated services its communities need now, and in the future.