Quem Fica Doente?

04/14/2020
Numa pandemia como a da COVID-19, os resultados se destacam na questão da vida ou da morte.

Fatores determinantes da saúde – onde as pessoas vivem, aprendem, trabalham e brincam - são importantes fatores preditivos para a saúde de uma pessoa. Segundo a Organização Mundial da Saúde, estes são moldados por fatores como dinheiro, poder, e acesso aos recursos. Isso resulta em resultados injustos e evitáveis no que tange à saúde, para certas pessoas. Numa pandemia como a da COVID-19, os resultados se destacam na questão da vida ou da morte.

“Dá muito medo para os negros e pardos, especialmente quando ouvem as estórias na mídia que dizem que estes grupos estão sendo mais afetados pela COVID-19 por causa das comorbidades", disse o Diretor da CHA  para Operações ACO, Wilfred McCalla. “O que poucas pessoas mencionam é o fato de que os negros têm tão altas incidências de diabetes, hipertensão arterial e asma por cause de vários fatores ligados à raça, inclusive a acumulação de estresse crônica". 

Quando algo é tratado de forma correta, irá vingar. Isso é muito bem ilustrado na The Gardener’s Tale -- (O Conto do Jardineiro) - uma alegoria do Dr. Camara Jones, um ex-Presidente da Associação Americana de Saúde Pública. Esta alegoria mostra como o racismo impacta a saúde, e como sistemas e instituições podem prejudicar as pessoas, através de políticas enviesadas e tratamento desigual - coisas que a CHA busca eliminar. 

   
   

Health Disparities with COVID-19

Data with COVID-19 are shocking. For example, in Louisiana and Michigan - 70% of people who have died are black, although black people only make up 30% of the population. This mirrors what's happening across the country. There are striking disparities based on racial divides around economic opportunity and healthcare access.

   
     

Em janeiro e fevereiro, a testagem para a COVID-19 só era realizada nas pessoas que tinham viajado ao Exterior. No entanto, poucas pessoas pobres retornavam da Europa. Esta política eliminou a aplicação dos testes em grupos marginalizados, fazendo com que a sua proteção se tornasse mais difícil.

“Na CHA, quando dizemos, Cuidados para o Povo, estamos falando sério", disse Dr Leah Zallman, a Gerente de Pesquisa no Instituto para a Saúde Comunitária. “Olhamos para a pessoa como um todo, e descobrimos tudo que está prejudicando a sua saúde - racismo, pobreza, segurança alimentar, habitação e mais. Depois trabalharemos para conectar as pessoas a aquilo que precisam".

É por isso que a CHA criou a CHA Connect. Este banco de dados estabelece uma ligação entre as pessoas e os recursos comunitários da localidade. Estes recursos adquiram uma importância maior numa crise de saúde pública.

Uma vulnerabilidade adicional para grupos marginalizados (como imigrantes, pessoas de cor, e grupos LGBTQ+) está no fato de que muitas vezes são trabalhadores essenciais. São estas pessoas que trabalham nas quitandas, e nas casas de repouso, como atendentes ao público, e também no transporte público. Não podem trabalhar de casa, durante as ordens de recolher, o que as coloca nas linhas de frente de uma forma desproporcional. Isso se falar dos muitos imigrantes e pessoas LGBTQ+ na localidade que perderam seus empregos. 

“A CHA está lidando com melhoria das vidas", disse ainda o Dr Zallman. “Estamos realizando as pesquisas para ajudar a modificar as políticas, e nesta crise estamos fazendo o possível para ajudar aquelas pessoas que são mais prejudicadas por esta doença". 

CHA Resources

  • Conectar-se a recursos e serviços da comunidade através da CHA Connect.
  • Entre em contato com o Departamento de Auxílio Financeiro da CHA no telefone 617-665-1100, de segunda a sexta, de 8h30 às 16h00, para obter cobertura para cuidados com a saúde. 
  • Encontre Recursos de Imigração.
  • Encontre informações sobre a COVID-19 no seu idioma na página de Recursos Multilíngues da CHA.
  • Entre em contato com seu provedor de cuidados primários para obter apoio na área de saúde mental.
Você não está sozinho. A CHA pode te ajudar. Somos muito mais que simplesmente seu profissional de saúde. Trazemos "Cuidados para o Povo".

Cambridge Health Alliance

Contributed By: Cambridge Health Alliance

Cambridge Health Alliance is an academic community health care system committed to serving all members of our communities. We have expertise in primary care, mental health and substance abuse, and caring for diverse and complex populations. CHA patients receive high quality care in convenient neighborhood locations, and have seamless access to advanced care through CHA’s affiliation with Beth Israel Deaconess Medical Center. With over 140,000 patients in Cambridge, Somerville Everett and Boston’s Metro North, CHA is working hard to offer the integrated services its communities need now, and in the future.